Por que pagar imposto mesmo a um governo corrupto?

A lista de impostos que pagamos parece não ter fim. São várias taxas e a cada dia surge mais uma. A proposta é de que elas irão nos beneficiar de alguma forma. Porém, o que percebemos são os desvios dessas tarifas, dia após dia, fruto da corrupção dos nossos governantes. Diante disso, como devemos nos portar enquanto cristãos? Devemos sonegar os nossos impostos, nós que fomos chamados por Deus para sermos sal e luz na terra? Por que pagar impostos em meio a tanta corrupção?

 
(1) Porque Jesus nos deixou o modelo de integridade. Jesus é o verdadeiro modelo de integridade. Em Mt 22.17-21, quando o Mestre foi interrogado se deveria ou não pagar impostos a César, Jesus levou os seus questionadores a reconhecerem que o dinheiro era de César, vez que o governo era dele. É importe ressaltar que o governo do Império Romano era tão corrupto e injusto quanto dos nossos dias. No entanto, Jesus reconheceu que havia uma obrigatoriedade de todos os súditos pagarem impostos e, portanto, precisava ser obedecido, mesmo entendendo que parte do valor ia diretamente para os cofres de César e para custear a vida decadente dos romanos aristocratas. Dêem ao Imperador o que é do Imperador e dêem a Deus o que é de Deus (Mt 22.21).

 
(2) Porque Deus quer que sejamos honestos. “Portanto, paguem ao governo o que é devido. Paguem todos os seus impostos e respeitem e honrem todas as autoridades. Não fiquem devendo nada a ninguém”. (Rm 13.7-8). Precisamos cumprir com os nossos deveres financeiros ao Estado, não por ele ser justo, mas porque isso é justo aos olhos de Deus. A submissão ao poder civil faz parte das nossas obrigações espirituais, seja para o nosso juízo ou não (I Pe. 2:13-15). Além disso, quando deixamos de pagar os nossos impostos, estamos desobedecendo a Deus e transgredindo o oitavo mandamento: “Não furtarás”(Ex 20.15).

 
(3) Devemos pagar nossos impostos mesmo em meio a um governo corrupto, porque as autoridades foram instituídas por Deus. É Deus que concede autoridade a todos os homens. Portanto, devemos ser submissos às autoridades, inclusive, no pagamento dos nossos impostos. Obedeçam às autoridades, todos vocês. Pois nenhuma autoridade existe sem a permissão de Deus, e as que existem foram colocadas nos seus lugares por ele. (Rm 13.1). Quanto ao uso indevido do dinheiro, Deus irá julgar a cada um se foram bons ou maus administradores.

 
Como cristãos, nós não temos autoridade para descumprir as leis porque temos um governo corrupto e injusto. Deus é o nosso justo juiz (Sl 7.11) e todos nós iremos prestar contas perante Ele. Jesus nos ensina que a justiça não está em nossas mãos (Mt 5. 38-47). Precisamos obedecer aos mandamentos divinos e a submissão aos nossos governantes é um desses mandamentos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *